7 exemplos de custos variáveis de uma empresa: como identificar e calcular?

gestor calculando os custos variáveis da empresa

Compreender quais são os custos variáveis e fixos de uma empresa é o primeiro passo para uma gestão financeira saudável. Seja visando uma melhor precificação de produtos e serviços ou até mesmo para calcular as margens de lucro, o gestor precisa ter essa informação na ponta da língua.

A pergunta que fica, no entanto, é: o que são custos variáveis dentro de uma empresa?

Os gastos variáveis são aqueles que variam de acordo com a produção ou vendas. Tratam-se de custos diretamente ligados à operação da organização. Por conta disso, aumentam e diminuem conforme o aumento ou queda da produtividade, tanto para produtos quanto para serviços.

Conhecer esse tipo de custo é essencial na hora de elaborar o orçamento empresarial. Só assim será possível que o gestor financeiro planeje os gastos da companhia e preveja investimentos em períodos de alta demanda, sazonalidades de venda, entre outras especificidades do modelo de negócios.

Quando falamos em redução de custos na empresa, uma prática constante e necessária, isso só é possível com o conhecimento aprofundado sobre os gastos.

Sem saber onde é possível reduzir, as ações podem aproximar a companhia de riscos financeiros.

Neste conteúdo, vamos trazer informações valiosas sobre tudo o que envolve a identificação e gestão dos custos variáveis dentro de uma empresa, além de detalhar sua importância e o porquê você precisa analisá-los minuciosamente. Acompanhe a leitura.

Não deixe de baixar nossa planilha de custos fixos e variáveis e aproveite para começar a calcular corretamente todos os custos da sua empresa.

7 exemplos de custos variáveis e como identificar o conceito

Diferente de um custo fixo, o custo variável é aquele que, como o nome cita, varia de acordo com a performance de produção e vendas. Assim, os custos que aumentam ou diminuem conforme o cenário podem ser considerados como variáveis.

Podemos citar como exemplo uma indústria multinacional que comercializa produtos de consumo. Em determinadas épocas do ano, há um maior volume de vendas que impactará, também, nos custos necessários.

Será necessário gastar mais com matéria prima, energia elétrica e água, taxas de remessa, comissão de vendas, logística e até mesmo mão de obra temporária ou horas extras pagas aos funcionários. Além disso, ainda é possível que haja eventos onde será preciso enviar colaboradores em viagens corporativas para divulgar a marca e fazer negócios.

Tudo isso se enquadra como custos variáveis para a empresa, como nos exemplos abaixo:

  • salário dos funcionários e mão de obra extra;
  • comissão de vendas;
  • viagens corporativas – hospedagem, alimentação e transporte;
  • taxas de remessa;
  • logística;
  • matéria prima;
  • reembolso de despesas;
  • entre outros.

Custos semi variáveis: o que são?

Há ainda os custos semivariáveis, que não aumentam na mesma proporção que os custos variáveis, mas tem um conceito parecido. São aqueles que acompanham o volume de produção sem a mesma intensidade.

É importante ressaltar que os tipos de custo podem existir para algumas empresas, mas inexistir para outras. Ou seja, lembre-se de fazer essa análise para identificar o que se enquadra na realidade da sua operação.

Pode parecer complexo, mas contar com uma gestão organizada ajuda a facilitar os processos e o dia a dia do financeiro.

Pensando nisso, preparamos um material com 7 passos simples para melhorar os processos financeiros da sua empresa. Baixe agora gratuitamente.

Infográfico - 7 passos simples para melhorar os processos financeiros da empresa.

Identificar os custos variáveis significa saber onde é possível reduzir custos

Entender o que é custo variável dentro da empresa é de grande importância porque permite visualizar onde e quando é possível reduzir custos. Para maximizar os lucros, muitas vezes é necessário diminuir alguns gastos.

Será que é possível renegociar valores com o fornecedor de matéria prima? Há alguma saída para reduzir os custos com logística? Há alguma maneira de gastar menos com viagens corporativas?

Essas são apenas algumas das perguntas que você deve se fazer ao pensar em como reduzir custos, mas para isso será necessário identificar quais são os custos variáveis.

Nesse sentido, ao realizar esse mapeamento de custos, será possível melhorar a saúde financeira do negócio e tomar decisões mais assertivas.

Você ainda poderá encontrar outros indicadores, como a margem de contribuição, por exemplo.

Como calcular os custos variáveis?

Agora que você já sabe como identificá-los, vamos aos cálculos. Há duas maneiras de calcular os custos variáveis de uma empresa: pelo volume de vendas ou pela lucratividade.

Cálculo de custo variável total pelo volume de vendas

  1. Identifique os custos fixos e variáveis;
  2. determine um período e some todos os gastos variáveis deste intervalo;
  3. divida pelo volume de produção ou vendas.

Cálculo de custo variável total pela lucratividade

  1. Encontre a lucratividade da empresa;
  2. descubra a proporção de cada tipo de gasto comparando-as por item;
  3. verifique o ponto de equilíbrio da sua organização;
  4. ache os custos variáveis e separe-os dos custos totais;
  5. multiplique pelo volume de produção.

Como melhorar o planejamento de custos da empresa?

Evitar riscos financeiros e operacionais passa por uma gestão financeira eficiente e organizada. Para isso, a tecnologia já auxilia a tornar a rotina dos gestores mais simples, otimizando tempo em diversas tarefas.

A ExpenseOn nasce da ideia de oferecer uma plataforma completa para a gestão de despesas corporativas. A funcionalidade de Analytics e Relatórios permite que você visualize todos os dados financeiros em um único lugar. Da mesma forma, a integração contábil otimiza o registro de informações para evitar a necessidade de vários sistemas.

Tudo isso permite que você ganhe tempo, aproveite melhor seu time e se concentre em questões mais importantes e estratégicas. Quer saber mais sobre como podemos te ajudar a transformar a gestão de despesas?

Solicite uma demonstração gratuita e descubra tudo o que a ExpenseOn pode fazer por você.

O título em destaque é "Otimize a sua gestão de reembolso". Abaixo, lê-se "Escaneie notas fiscais, solicite adiantamentos, acompanhe aprovações em tempo real e muito mais" com o botão "Agendar demonstração".
ExpenseOn Help Chat
Enviar via WhatsApp